quarta-feira, 26 de agosto de 2015

[Resenha] Mentirosos, Emily Lockhart - Seguinte

     Os Sinclair são umas das famílias mais ricas dos Estados Unidos, eles têm uma ilha, filhos e netos perfeitos, eles não brigam e não há discussões entre eles, são felizes e não têm problemas, ninguém é doente e são todos altos loiros dos olhos azuis. Só que isso é o que todos pensam deles. E. Lockhart nos mostra de cara vários personagens de uma vez, todos da "família perfeita", mas com o tempo você vai se acostumando a eles e se apegando a alguns, mas o mais importante pra gente é a Candece, quem conta toda a historia e perdeu a memória, não sabendo por que seus primos não falam mais com ela, já que eram tão próximos, nem como perdeu a memória.
     O livro começa e Candece apresenta a família: o avô, a avó, as tias, como ela fala, os primos, e Gat, que ao contrario do gênero Sinclair (Americano puro, alto, olhos azuis e cabelo loiro) ele tem ascendência indígena e não faz parte da família. Ela da mais ênfase nos primos mais velhos, Johnny e Mirren, que desde que se conhecem por gente vão à ilha da família no verão, todo ano, alias, toda a família vai incluindo os maridos das tias e o pai de Candece, até que todas se separam.

     No verão dos oito (eles se referem ao verão e a idade deles, pois todos fazem aniversario no outono, então no verão eles têm a mesma idade) Gat começa a frequentar a ilha como amigo de Jonny e por ser sobrinho do pai dele. As tias o avô e a avó meio que rejeitam Gat por causa de sua origem, mas continua acolhendo ele todos os verões por ser muito amigo dos netos mais velhos dos Sinclair e depois de um tempo eles começam a chamar Candece, Mirren, Johnny e Gat por Mentirosos, mas a autora não deixa muito claro o porquê desse nome. Bom, depois de toda essa apresentação a historia se resume em a Candece se lembrar do acidente que ocorreu no verão dos quinze.

    Ela sofreu esse acidente em que bateu a cabeça no verão dos quinze, ficou dias no hospital e ficou com as sequelas de fortes dores de cabeça e não lembra absolutamente de nada, alguns flashes, mas não ajuda em grande coisa, até este verão ela só tem bem preso na mente dela que ela e seus primos são muito amigos . No verão dos dezesseis ela vai com o pai para a Europa a pedido do avô, para esquecer o acidente, o que ela não quer fazer. A neta primogênita vive perguntando para a mãe o que aconteceu, e ela responde que já explicou para ela e o medico achou melhor ela se lembrar sozinha e manda emails constantemente durante a viajem para os outros mentirosos, mas não recebe nenhum de volta, nem mesmo do Gat que é meio que crush dela, ate que ela finalmente volta para a ilha no verão dos dezessete para tentar lembrar o que aconteceu há dois verões atras...



     Eu confesso, achei o livro cansativo no começo, com a Candece reclamando constantemente das dores de cabeça e falando que não se lembra de nada do acidente, sempre falando as mesmas pistas. E. Lockhart não deixou nenhum fio solto, Mentirosos esta graciosamente escrito e é quase impossível adivinhar o final sem ler ele. Há muitas frases bem legais ao longo do livro, e umas das melhores são as metáforas que ela faz para a dor de cabeça dela e as vezes entre os capítulos a autora cria novas versões de contos de fadas famosos que encaixam perfeitamente na história, eu até marquei todos eles com post it na parte superior da página para quando pego-o para folhear leio de novo algum desses contos. 

     Não tem muito o que falar dele por ser curtinho e ter o alto perigo de eu soltar algum spoiler sem querer... Eu recomendo muito ele, o final vale super a pena, e compensa mil vezes o caminho ate chegar la. Não procure nenhum spoiler sobre o final se não perde a expectativa toda do livro. Eu dei cinco estrelas e é meu favoritado do Skoob. E aí? Quem já leu o que achou? Não esqueça de comentar aqui comigo, siga o blog se gostar e até o próximo post! Abraços

15 comentários:

  1. Olá!
    já vi outras resenhas sobre o livro e a história não me atrai. Não sei o motivo exato, mas me parece ser um livro arrastado e o final não tão surpreendente assim. Não descarto a leitura, mas não vai ser algo que lerei por agora.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena! Mas quem sabe quando você ler você se surpreenda?! Abraços!

      Excluir
  2. Oie!
    Já vi muitas resenhas sobre Mentirosos, e ele me lembra o livro Tigres em Dia Vermelho, e acho que por isso não me agradou muiito. Parabéns pela resenha
    Abraços

    www.notavelleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Nunca tinha ouvido falar nesse... Abraços!

      Excluir
  3. Estou com este livro na estante tem um tempo, e ainda não o li, mas estou vendo que estou perdendo tempo, adorei a sua resenha, e só me deixou com mais vontade ainda de lê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Adoro quando minhas resenhas influenciam outras pessoas, fico muito feliz! Abraços

      Excluir
  4. Oi, já li esse livro mas pra mim ele foi razoável. Como você disse, ele é cansativo, o caminho pra chegar ao fim é bem tortuoso e me vi tentada a pular logo pro final que, por sinal, foi a única coisa que compensou nele.
    bjus.
    http://reticenciasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acho que este é um livro de experiencias, eu como li sem pretenção nenhuma e em pouco tempo tive uma experiencia boa apesar docomeço, mas quando uma pessoa lê com muitas expectativas é muuito diferente. Abraços!

      Excluir
  5. Amei esse livro! Confesso que não me choquei demais ou super me surpreendi, mas achei muito, muito bem conduzido!!! Li no ano passado e recomendei pra muita gente kkkkk
    xx

    ResponderExcluir
  6. Olá!Adorei sua resenha.Sou sua nova seguidora e gostaria de saber os dias que tem post por aqui,pra continuar visitando! ^-^
    Beijo!
    www.estante861.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Obrigado!! Se tudo der certo estou planejando para postar às segundas, quartas e sextas, a partir da semana que vem acho que já vai ficar assim a programação

      Excluir
  7. Oi, Miguel!

    Eu ainda não li este livro, mas a divergência entre opiniões me deixa irremediavemente curiosa. Não sabia que era um livro tão misterioso e de final surpreendente. A capa me lembra muito Capitães da Areia, não sei porquê. Espero que seja tão bom quanto.

    Beijos.
    Book Effect ✎

    ResponderExcluir

© DEMASIADAMENTE LENDO - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: MIGUEL PRADO.
"Leitor assíduo é aquele que vive demasiadamente lendo."
imagem-logo